Vereadora Genilza Ribeiro faz entrega de equipamentos para fortalecimento da Apicultura no município de São João da Ponte

Na manhã desta segunda-feira, 12, a vereadora Genilza Ribeiro juntamente com o Presidente do COMENAC, Amador Gonçalves de Oliveira, através da CODEVASF e Sindicato de Produtores fizeram a entrega de equipamentos para a produção de mel que beneficiará mais de 50 apicultores. Estiveram no evento o Agente de microcrédito Rural, Eduardo Pereira da Cruz e presidentes de Associações.

 

A produção de mel está agregando renda para moradores da região rural de São João da Ponte. O investimento que está sendo feito é de R$ 30.000 (trinta mil) para aquisição de materiais. O projeto é uma iniciativa da vereadora Genilza Ribeiro que tem visto a potencialidade de criação de abelhas no município.

Além disso, os apicultores por meio do SENAR e CODEVASF, terá capacitações permanentes para que possam entender melhor o manejo deste ofício.

 

Os equipamentos são de uso individual (colmeias, melgueiras, fumigadores, cera, formão, carretilha) e coletivo (centrífuga elétrica, mesa de secagem, tanque decantador, baldes, garfos. Todos em material inox). 

Para a vereadora Genilza Ribeiro é válido acreditar nesta nova fonte de renda e a potencialidade do município, pois existem produtores comercializando mel das suas próprias propriedades. “Sinto-me feliz em saber que o projeto está gerando renda no município e que está sendo bem aceito por todos. É uma conquista não só minha, mas de todos que abraçaram esse projeto, nele podemos buscar possibilidades de melhorar a renda de cada um ou até mesmo de mudar de vida, isso vai depender do empenho de cada um” diz emocionada a vereadora.

 

Na oportunidade da entrega dos materiais, esteve presente e fez uso da palavra Agente de Microcrédito, Eduardo Cruz que falou sobre a importância de manter e alavancar a produção de mel por meio de mais recursos, tanto financeiro quanto material. “O banco do Nordeste acredita que todos sejam capazes de crescer dentro dos seus empreendimentos. Os nossos projetos podem atender a vocês e melhorar a produtividade”, diz o Agente.

Com mais recursos, mais terão o que oferecer ao mercado – mel de qualidade.  Segundo o Presidente do COMENAC, Amador Gonçalves, há três anos que essa idéia vem sendo acatada no município e isso tem tido bons frutos. “Esse projeto foi algo bom que nos aconteceu, pois todos os trabalhadores são visto com respeito e credibilidade. A união de todos é fundamental para o sucesso do mesmo; famílias estão gerando renda e melhorando de situação, isso é muito bom”, diz o Presidente.

 

Outro ponto dito foi sobre a consciência ambiental, pois deve ser fortalecida e conservada. É preciso que tenha áreas de espécie vegetal que produzam flores. Não se deve queimar o enxame, pois desta forma estará causando o desequilíbrio ambiental e, sendo assim, pode afetar a cadeia produtiva.

 

Tome Nota

 

Comunidades que estão sendo atendidas pelo projeto de apicultura: Santa Rosa, Taboquinha, Bom Jardim, Cantinho, Terra do Arroz, Tanque, Poços Dantas, Poções, João Moreira, Barreiro Raso, Boa Vista, Barreirinho e Ponta D’Agua. Atualmente, a produção ultrapassa os 2.000 quilos de mel por ano na região.

 

Gilmar Pereira

Jornalista e escritor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 9 =