O Municipío

Origem de São João da Ponte: Um Breve Relato

Não existem registros seguros sobre a origem de São João da Ponte. O que conta-se é que em meados de 1840, uma senhora chamada Joana Verediana Cordeiro veio abrigar-se em um vilarejo que, até então, não tinha nome. Dona Joana venerava, numa casinha às margens do córrego Salobo, uma imagem de São João Batista. No dia 24 de Junho, data em que a Igreja Católica celebra o nascimento deste Santo, a casinha era visitada por inúmeros fiéis que ali iam lhe prestar homenagem. Posteriormente, entre 1850 e 1865, construíram uma ponte sobre o córrego Salobo e, junto dela, uma capela, tendo como patrono São João Batista, originando-se daí a primeira denominação ao lugar, mas ainda São João da Ponte Salobo.

Nessa época já existiam alguns moradores ao redor da capela, cuja liderança era exercida por Amâncio Teixeira, um negociante vindo de Montes Claros. Os primeiros habitantes da povoação, ao que conta-se, foram Amâncio Teixeira, Elias Rodrigues Cordeiro, Tomé Pereira de Souza, professor Antônio Pereira de Souza, Jerônimo e Joaquim Pereira de Aguiar, Abrão Cezário Câmara e Malaquias Rodrigues Cordeiro.

O povoado de São João da Ponte Salobo, mais tarde, em 1884, foi elevado à sede de um novo distrito, pertencente ao município de Brasília de Minas, e então teve o seu nome simplificado para São João da Ponte. Finalmente, em 1943, precisamente em 31 de Dezembro de 1943, São João da Ponte é elevada à categoria de sede municipal através do Decreto-Lei Estadual número 1058.

São João da Ponte é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2013 era de 30.362 habitantes.

Fundação: 31 de Dezembro de 1943

Gentílico: Pontense

 Municípios limítrofes: Ibiracatu, Varzelândia, Verdelândia, Lontra, Japonvar, Janaúba, Patis, Montes Claros e Capitão Enéas

Fonte: IBGE- Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – v_27 Minas Gerais_R_a_Z.